Rádio Universidade AM

Leia o texto abaixo para responder à questão Com a tramitaçã 9160

Leia o texto abaixo para responder à questão

            Com a tramitação das reformas constitucionais no Congresso,

estamos prestes a inscrever em nossa Carta Magna disposições como limite

salarial de integrantes dos poderes e dos serviços públicos estaduais,

assunto que dificilmente se discutirá no Legislativo de qualquer outra

federação, monárquica ou republicana, presidencialista ou

parlamentarista, e que pouco provavelmente se encontrará em outra

Constituição. A indagação cabível, a meu ver, é como e por que chegamos a

tanto.

            O cerne desse desafio, que julgo não respondido, pode ser

resumido num simples raciocínio: o sistema federativo, por oposição à

forma unitária do Estado, nada mais é do que distribuir espacialmente o

poder.

            A origem e o fundamento da divisão espacial do poder,

representados pela federação, devem ser procurados entre aqueles que

criaram o primeiro regime federativo do mundo. O modelo confederativo,

como se sabe, já era conhecido historicamente e foi adotado nos artigos

da confederação que precederam e viabilizaram a luta pela independência

das 13 colônias da América do Norte. O que marca a singularidade do novo

sistema é exatamente a diferença entre as confederações anteriores e a

alternativa criada pelos convencionais da Filadélfia. Equilibrar

poderes, distribuir competências e responsabilidades rigorosamente

simétricas em uma nação tão profundamente assimétrica, mais do que um

desafio de engenharia política, ainda é uma incógnita indecifrada, que,

como a esfinge, ameaça-nos devorar.

(Marco Maciel, Pacto federativo, Folha de São Paulo, 14/09/2003, com adaptações)Assinale a opção que representa uma relação de coesão no texto.

Questão no QuestionsOf: Leia o texto abaixo para responder à questão Com a tramitaçã 9160

Questões similares